PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Grêmio perde para o Fortaleza e afunda mais na crise da zona do rebaixamento
13/10/2021 22:40 em esporte

Com técnico interino Thiago Gomes e novo esquema, o Grêmio foi superado pelo Fortaleza, por 1 a 0, pela 26ª rodada do Brasileirão, na noite desta quarta-feira, na Arena Castelão. O resultado segura o time gremista na 19ª posição, com 23 pontos e distante cinco pontos da primeira equipe fora do Z4, o Juventude. Na próxima rodada, o Tricolor recebe o Verdão da Serra na Arena, no domingo, às 18h15min, em duelo direto contra o descenso. 

A nova proposta de jogo do auxiliar Thiago Gomes segurou os donos da casa em boa parte do primeiro tempo, mas apresentou desencaixes na defesa. Na volta do intervalo, os adversários foram superiores, mais intensos e marcaram o gol da vitória com o meia Yago Pikachu, aos 33 minutos. Ao longo de todo jogo, o goleiro Brenno se destacou com boas defesas. Chegando a cinco rodadas sem vencer, a situação gremista na tabela só não piorou na rodada, pois as derrotas de Santos e Juventude auxiliaram na noite desta quarta. Agora, a direção trabalha para correr atrás de um treinador ou definir pela efetivação de Gomes.Equipes se anulam

Foram bons dez minutos até o Grêmio entender seu novo modelo de jogo proposto pelo interino Thiago Gomes. A adaptação custou alguns erros de passes e bolas perdidas no meio de campo, mas também representou certo controle do organizado Fortaleza na etapa inicial. Aos 6, o zagueiro argentino Kannemann, destaca do primeiro tempo, salvou a meta gremista. O lateral Yago Pikachu invadiu com liberdade e finalizou cruzado. O defensor cortou de carrinho. 

A ideia de sair da defesa, quase representou um gol ao time gremista. Aos 14, Jean Pyerre e Lucas Silva tabelaram, a bola chegou para o lateral Guilherme Guedes, que avançou e rolou para o volante chegar finalizando pela linha de fundo. Na melhor chance tricolor, o ponta Alisson recebeu nas costas da marcação, mas chutou fraco em cima de Felipe Alves. Apesar da maior posse de bola, as grandes oportunidades foram do time do argentino Juan Pablo Vojvoda. Matheus Vargas bateu de fora da área, o chute desviou e o goleiro Brenno se recuperou para fazer enorme defesa. Em outro momento perigoso, o atacante David girou bem contra o zagueiro Ruan e arriscou cruzado. A finalização tirou tinta da trave. 

Nos raros momentos que os espaços apareciam, o Grêmio pecava no último passe. Aos 44, Vanderson disparou no contragolpe, encontrou Jean Pyerre, que ajeitou para Ferreira chegar chutando. O atacante demorou e perdeu tempo. Ainda deu tempo de Kannemann salvar a meta de Brenno, após levantamento para dentro da área e chute do zagueiro Titi. 

Erro na defesa Com dores musculares, Lucas Silva deu vaga para Matheus Sarará no meio de campo gremista. Como terminou a primeira etapa, o Fortaleza começou melhor no segundo tempo. Pressionando e marcando em cima, a defesa gremista não conseguiu se encontrar. Aos 5, Matheus Vargas finalizou com liberdade na entrada da área e Brenno segurou. Num contra-ataque, Ferreira recebeu bem de Vanderson e chutou na rede pelo lado de fora. 

O ritmo diminuiu bastante na volta do intervalo. O calor e o cansaço bateram nos dois times e a dificuldade para furar os bloqueios defensivos permaneceu. Para renovar o folêgo, o meia Campaz e o atacante Everton entraram nas vagas de Jean Pyerre e Alisson. Sem inflitração, o Fortaleza arriscou de longe. Aos 30, Felipe soltou a bomba e Brenno fez grande defesa. 

Em vacilo da linha de defesa, o zero saiu do placar. Romarinho achou Yago Pikachu livre dentro da área. O lateral bateu cruzado e forte, sem chances para Brenno. Para buscar o empate, Thiago Gomes colocou Elias Manoel e Diego Souza, deixaram o campo Guilherme Guedes e Rodrigues. As mudanças não mudaram o panoram do duelo e o Tricolor foi novamente derrotado no Brasileirão.                                                    FONTE CORREIO DO POVO

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE